Postagens

Obrigada moço do uber - descobertinhas I - Muleque de Vila

Imagem
P R O J O T A: era só eu que não conhecia?

Tá, já tinha escutado esse nome várias vezes. Até tinha ouvido uns trechos. Mas nunca nunquinha tinha parado pra prestar atenção no que dizia. Logo eu, que reclamo que as músicas nacionais hoje em dia não tem letras boas. Estava eu no uber, moço escutando um CD - já achei estranho porque quase sempre estão sintonizados em alguma rádio. E acabei prestando atenção na letra. Gente do céu, eu que não ando boa e ando desanimada com a vida, parece quase que um sinal de Deus:
Vai, vai lá, não tenha medo do pior
Eu sei que tudo vai mudar
Você vai transformar o mundo ao seu redor
Não pude conter as lágrimas. Vocês já choraram no uber? Eu sim, mas não em plena luz do dia, antes só na privacidade do escurinho da noite. Meio que escondendo a vergonha do choro, perguntei ao moço quem cantava. Não sei o que ele estranhou mais: a cara de choro ou a pergunta. Meio incrédulo, respondeu. E eu, que já havia escutado esse nome, levei um tapinha na cara: tinha prec…

Tudo continua. Igual.

Imagem
Lembram do último post?  Então, continuo não boa. Aquele dia, ontem, hoje, parece que amanhã também e mais alguns dias por aí afora. Não sei se é o mundo, ou se é alguma coisinha aqui dentro que não tô sabendo nem nomear. Talvez sejam as duas coisas. Não sei.  Só sei que não tá legal. E eu me pergunto, me questiono todos os por quês que consigo pensar.  Se a gente não sabe o que tá incomodando, como conseguir pensar numa solução? Acho que precisamos de um tempo da vida. Um tempo de incêndios, de discussões que não dão em nada, um tempo de quem acha que cultura não é importante. Um tempo da situação do país. Será que se eu ficar aqui quietinha lá fora tudo se resolve?

Não sei, mas agora não to podendo lidar com isso e com o furacão aqui dentro. Só me resta esperar. E escrever. Colocar tudo daqui de dentro pra fora. Quem sabe pra mais alguém isso tudo faça sentido.


Música de hoje:

https://www.youtube.com/watch?v=3K7KyplSYvI

Não tô boa hoje.

Imagem
Sabe aqueles dias que você não está conseguindo lidar com o mundo? Então, hoje é um desses dias assim pra mim.  Me programei pra acordar cedinho, tomar café deboas, estudar, resolver coisas no banco e colocar em dia mais alguns afazeres. Resultado: deu tudo errado. Da minha lista de afazeres, consegui completar dois (mandar um e-mail e resolver umas coisas à distância pra minha família - graças a deus que existe internet), e, honestamente, não acredito que irei cumprir mais nada da lista hoje ainda.  Simplesmente aceitei que hoje não dá.  A gente acha (ou espera, ou idealiza?) que todos os dias sejam lindos, produtivos e que de tudo certo, mas a realidade tá aí pra mostrar que nananinanão, vai dar errado sim, você vai chorar no ponto de ônibus sim.   E está tudo bem também. Quem nunca chorou no ônibus que esconda a primeira lágrima. A gente se acostuma com a realidade das mídias sociais, que mostram todo mundo sempre bonito, realizado e ganhando o mundo, não mostram a cara da derrota…

10 motivos para você fazer terapia

Imagem
Não sei se você percebeu, mas as coisas não andam legais. Pra quase ninguém. Esse mundão tá louco mesmo, e no mal sentido. É tanta correria: trabalho, casa, família, boleto, trânsito, uma dorzinha nas costas aqui, um óculos que não está tão bom mais, mais boletos, problemas não previstos que apareceram de última hora e acabou com seu dinheiro/descanso/paz interior/momento de contemplação da vida. E nesse mar de coisa a gente se perde, se enche de dúvidas, fica triste, angustiado. Perde noites de sono, surgem milhares de perguntas. Mas as respostas não vem.  E, somado a tudo isso, estamos cercados por uma vida pseudo perfeita que todo mundo tem menos a gente e ostenta nas mídias sociais. Aí já era: a auto estima - que já não era grande coisa - vai para o chão, a ansiedade vai a mil, parece que estamos dentro do olho de um furacão.  Mas será que estamos mesmo? 

Aí, caro amigo, que entra a terapia.  Na terapia você vê seus problemas pela ótica de outra pessoa, o que é realmente esclarec…

30 antes dos 30

Imagem
Como escreveu a Isadora do "e agora, Isadora?" - este é um post ambicioso.

    Não sei porque, mas a ideia de fazer 30 anos mexe com a gente. É um misto de ~preciso aproveitar porque não sou mais tão jovem~ com um ~ o quê eu tô fazendo com minha vida meu deusinho do céu~ e ainda um desconcertante ~com essa idade eu já tinha um bom emprego, casa, carro, filhos, cachorros, etc. ~ que ouvimos de quase todo mundo mais velho.      E mais, parece que ontem eu tinha 17 e fazer 30 era surreal, e agora tá aí, pertinho.      Verdade que quando eu era jovem ingênua, eu achava que com esta idade já estaria realizadíssima, super bem $ sucedida $, linda, gostosíssima e viajando pelo mundo. Pois bem, a realidade tá bem diferente hein. Mas ainda bem que as concepções de realizadíssima também mudaram. Mas muita coisa que eu queria fazer no alto dos meus 17 aninhos eu ainda quero, só reprimi um pouco essas vontades por infinitas razões que não cabe aqui comentar (futuramente,talvez).       En…

Repensar: Você é quem gostaria de ser?

Ando repensando quem eu sou, quem eu quero ser e todas as minhas escolhas.
Parece que cheguei em um momento quem não sei mais nada. Não sei se é uma crise existencial ou apenas tenho me tornado uma pessoa mais crítica - comigo, com os outros e com a vida em geral. Ou ambos.
De qualquer maneira, quem eu sou hoje não representa quem eu quero ser. Eu quero ser uma pessoa melhor. Para mim mesma, para o mundo.
Veja bem, não estou aqui falando de sucesso, de conseguir "aquele" emprego que ganha super bem, nem de comprar carro, casa, blusinha, bolsa ou qualquer coisa que seja. Não estou falando de sucesso, pelo menos não aquele atrelado ao financeiro. Estou falando de dormir com a consciência tranquila, feliz de ter feito escolhas conscientes, de ter dado atenção às minha emoções e às coisas que eu quero, de ter valorizado e cultivado os momentos e pessoas que fazem minha vida valer a pena.
Existem muito mais coisas além do trabalho, cidade, boletos. E a gente precisa enxergar isso. 
E …